O que faz um médico radiologista?

Radiologia

A radiologia é a especialidade médica dedicada ao estudo e uso de raios-X e outros procedimentos não ionizantes, como a ultrassonografia e ressonância magnética. Normalmente, são exames usados com fins diagnósticos e, algumas vezes, terapêuticos.

Mesmo sendo essencial na área médica, muitas pessoas ainda desconhecem os conceitos referentes ao radiologista, principalmente fazendo confusão entre o médico radiologista e o tecnólogo em radiologia.

Qual a diferença entre um médico radiologista e um tecnólogo em radiologia?

É comum os pacientes associarem o termo “radiologista” ao técnico de raio X. Porém, é importante reforçar que o radiologista é, na verdade, o médico especialista em Diagnóstico por Imagem.

Explicando melhor: o técnico em radiologia é o responsável por executar os exames radiológicos, escolhendo os melhores parâmetros técnicos para o exame e posicionando o paciente de forma correta.

O radiologista, por outro lado, realiza a leitura das imagens geradas pelo técnico. Após o estudo, redige um relatório com a descrição detalhada dos achados (o que chamamos de laudo), propondo diagnósticos e auxiliando na escolha do tratamento ideal.

Quais são as áreas de atuação para esse médico?

A área de radiologia possui duas grandes vertentes: a primeira é a de diagnóstico por imagem, subdividida em neurorradiologia, radiologia músculo-esquelética, radiologia torácica, medicina interna, entre outras. A segunda frente de atuação é a radiologia intervencionista, também com subdivisões: vascular, neurovascular, oncológica.

Porém, frequentemente essas duas áreas são combinadas para um diagnóstico e tratamento mais assertivo. Por exemplo: um radiologista mamário pode fazer e laudar mamografias, ultrassonografias mamárias, ressonâncias magnéticas e ainda realizar biópsias e pequenos procedimentos mamários.

Quais foram as principais mudanças na área de radiologia?

Por conta de seu caráter tecnológico, a radiologia foi a especialidade médica que mais evoluiu nas últimas décadas. Novos procedimentos de imagem surgem frequentemente, exigindo um profissional que se desenvolva constantemente.

Para entender essa importância: dificilmente um paciente é operado sem, pelo menos, um exame de imagem. Justamente por isso, a maioria das emergências hospitalares possuem um aparelho de tomografia e um aparelho de ultrassonografia.

Para contar com diagnósticos e procedimentos de radiologia de qualidade, agende sua consulta e conheça o Dr. Augusto Teixeira, médico radiologista referência no segmento.

Comentários Facebook